Psicólogo alemão, Wolfgang Kohler nasceu a 21 de Janeiro de 1887, em Tallinn, na Estónia, e foi um dos mais famosos teóricos da psicologia da forma. Estudou na Universidade de Berlim e deu aulas na Universidade de Frankfurt. De 1913 a 1920 dirigiu em Tenerife um departamento de pesquisa na Academia de Ciências Prussiana, efectuando experiências com chimpanzés na tentativa de perceber a forma como estes resolviam problemas, ou seja, tentando avalia-los em termos de aprendizagem e percepção.

Em 1921 Kholer tornou-se diretor do Instituto de Psicologia e foi professor de Filosofia na Universidade de Berlim, levando a cabo uma série de experiências que lhe permitiram explorar alguns aspetos da teoria daGestalt.
Para Kholer a forma não é um corte ou um perfil ilusório da matéria, mas sim uma realidade concreta e objetiva que deve ser estudada de forma cientifica. Esta realidade, segundo Kholer, não se pode reduzir a dados quantitativos. Kholer defendia existir uma analogia entre a forma que percebemos no espaço e aquela que o funcionamento dos nossos órgãos perceptivos adota. Neste sentido, o nosso espaço real é apreendido na forma a nossa percepção.

Wolfgang Kholer surpreendeu a comunidade científica da época com várias obras, tais como Psysical Gestalt in Rest and Stationary States (1920) na qual empreendia uma tentativa de determinar a relação dos processos físicos com a perceção, e The Mentality of Apes (1925), um trabalho que deu origem a uma revisão radical da teoria da aprendizagem.

Wolfgang Kholer morreu em Enfield a 11 de junho de 1967.

About these ads